GARANTIMOS MAIS QUE LOGÍSTICA

Head Office +55 11 5908 4050

Blog MAC Logistic

​Auditores fiscais voltam a cruzar os braços no Porto de Santos nesta terça-feira

4-10-2016

Cerca de 180 auditores fiscais, que atuam na Alfândega e na Delegacia da Receita Federal de Santos, deverão voltar a cruzar os braços nesta terça-feira (4). Com a greve, somente medicamentos, equipamentos hospitalares, animais vivos e perecíveis serão liberados no Porto de Santos. Já na Delegacia haverá a operação “Meta Zero” e o único serviço que funcionará é o atendimento ao contribuinte. 

A data coincide com a apresentação do relatório do Projeto de Lei 5.864/16, que trata do reajuste salarial da categoria e de normas internas do órgão, no Congresso Nacional. Os auditores fiscais reclamam que, apesar de ter sido remetido em julho à Câmara dos Deputados, pelo Palácio do Planalto, o PL vem tramitando lentamente, o que acaba prejudicando o cumprimento do acordo.

Segundo o Sindicato dos Auditores Fiscais em Santos, além da paralisação das atividades, diversos auditores, que ocupam cargos de chefia, ameaçam entregar seus cargos caso o Projeto de Lei 5.864/16 não seja aprovado. 

O Projeto de Lei ainda corre risco de ser desfigurado caso a relatoria aceite alterações que enfraquecem a atuação dos Auditores contra a sonegação, a corrupção e a lavagem de dinheiro. 

“O sindicato está acompanhando de perto a tramitação do PL e já avisou ao governo que não aceitará qualquer emenda que restrinja as atribuições da categoria”, afirma o presidente do sindicato, Renato Tavares.

O presidente do sindicato também critica a demora do governo para cumprir o acordo firmado com a categoria. “Nosso reajuste, de 21,3% divididos em quatro anos, além de não cobrir nem a inflação do período, está abaixo daquele conseguido por outras categorias do serviço público federal. O governo está desdenhando justamente da categoria que, se motivada, poderia retirar o País da recessão em que está mergulhado”.

Portanto, a continuidade ou término da paralisação não só em Santos, mas em todo o Brasil, ficam condicionados ao resultado da votação do Projeto de Lei em 4/10.

O sindicato estima que, a cada dia de paralisação no Porto de Santos, mil contêineres deixem de ser liberados. Com isso, ocorre o atraso de cerca de R$ 100 milhões na arrecadação. Já na Delegacia da Receita Federal em Santos deixaram de ser lançados este ano R$ 160 milhões em tributos e contribuições. Em nível nacional este valor chega a R$ 52 bilhões.

Fonte: A Tribuna

Artigos Relacionados: Nova versão do Plano de Desenvolvimento e Zoneamento do Porto é elaborada pela Codesp Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de São Paulo atinge 44% de market share de importação Acordo com União Europeia vai impulsionar cabotagem no Porto de Santos Investimento em infraestrutura exige confiabilidade e qualidade técnica, diz general Santos Cruz Obra de dragagem do Porto de Rio Grande avança e chega 65% de conclusão Porto de Santos crescerá 110% até 2060, diz estudo Tempo de espera dos navios nos Portos do Paraná diminui 46% Dragagem do canal de navegação do Porto de Santos corre risco de paralisação Dólar fecha quase estável ante real nesta 6ª, mas tem maior mensal desde agosto de 2018 Movimentação no Porto cresce 3,7% em fevereiro
​Auditores fiscais voltam a cruzar os braços no Porto de Santos nesta terça-feira

mac-logo-pos

   

       

Conheça o grupo MAC Logistic! Ficaremos honrados em atendê-los e principalmente, apoiar o desenvolvimento dos seus negócios, através de projetos logísticos customizados.

   

OFFICES

    Brazil - Head Office (55 11) 5908-4050

    Florida Office +1 305 436-5141

    Vitória Office (55 27) 2122-1777

   maclogistic@maclogistic.com

CÂMBIO

       

As operações da Mac Logistic são regidas pelas Condições Gerais de Negócios registradas no 8º Cartório Oficial de Registro de Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica da Comarca de São Paulo sob o número 1483284.