GARANTIMOS MAIS QUE LOGÍSTICA

Head Office +55 11 5908 4050

Blog MAC Logistic

No embarque de perecíveis, modal aéreo já está consolidado

12-08-2016

“O embarque de produtos perecíveis pelo modal aéreo já está consolidado como a melhor forma para que o produto chegue ao destino com as mesmas características com que sai do produtor”. A afirmação é do diretor do Produto Aéreo da DHL Global Forwarding, Maurício Coelho.

O executivo explica que atualmente, os produtos com maior demanda e potencial são os ovos férteis, cuja movimentação de carga na DHL vem crescendo uma média de 5% ao ano, as frutas também têm papel importante, ele salienta que os produtores brasileiros vêm acionando o modal aéreo para atingir novos mercados.

“Os produtores brasileiros de perecíveis têm competitividade no mercado internacional, ainda mais agora com a cotação do real em relação ao dólar na casa dos R$ 3. As frutas com maior destaque nas exportações realizadas pela DHL são o mamão papaia (oriundo do Espírito Santo e do Nordeste), a manga (Nordeste) e o figo (Sudeste)”, apontando como principais mercados alvo para as frutas os Estados Unidos e a Europa, assim como o Oriente Médio e a América Latina, no caso dos ovos férteis.

De acordo com a companhia - que opera rotas e hubs abrangendo mais de 220 países em todo o mundo – devido a sua delicadeza, as frutas e os produtos perecíveis são transportados em pallets aéreos e mantidos sob temperatura controlada, em torno de 10°C. “Se o cliente desejar um pacote mais completo, nós possuimos operadores próprios nos principais aeroportos do mundo e equipe dedicada à área de perecíveis com operação end to end”, explica.

Segundo Coelho, mesmo com o câmbio favorável, consolidar uma operação de exportação é um desafio. “Com a DHL, o cliente mantém também a visibilidade do status da carga, o que confere mais consistência à operação”, completa. E destaca que para produtos perecíveis de maior valor, a empresa oferece uma solução exclusiva de monitoramento online de carga: o DHL Thermonet, um sistema voltado ao transporte aéreo que permite monitorar a temperatura e rastrear a carga 24/7, garantindo que a cadeia logística atenda os princípios de boas práticas de distribuição (Good Distribution Practices). “Além disso, o sistema mantém registrada toda a trilha de documentação (SOP) e trajetória das mercadorias, cujos dados ficam armazenados na nuvem por sete anos e podem ser acessados, com segurança, via internet”, finaliza o executivo.

Fonte: Guia Marítimo

Artigos Relacionados: Exportações para os EUA têm como destaque participação de 66,5% dos produtos manufaturados Dólar fecha quase estável ante real nesta 6ª, mas tem maior mensal desde agosto de 2018 Governo deve dar soluções distintas para melhorar gestão das docas, avalia ABTP Exportações e importações em alta fazem do Rio segundo maior estado exportador do País Governo quer licitar 10 arrendamentos portuários antes dos 100 primeiros dias de gestão Descentralizar gestão do Porto de Santos ampliará eficiência, diz ministro Dólar fecha quase estável ante real com mercado à espera de definição no Congresso CNI contesta redução de percentual de ressarcimento ao exportador no Reintegra Porto de Santos deve ter licitações de terminais e nova gestão da dragagem em 2019 Demanda por transporte aéreo de carga sobe 3,1% em outubro, diz Iata
No embarque de perecíveis modal aéreo já está consolidado

mac-logo-pos

   

       

Conheça o grupo MAC Logistic! Ficaremos honrados em atendê-los e principalmente, apoiar o desenvolvimento dos seus negócios, através de projetos logísticos customizados.

   

OFFICES

    Brazil - Head Office (55 11) 5908-4050

    Florida Office +1 305 436-5141

    Vitória Office (55 27) 2122-1777

   maclogistic@maclogistic.com

CÂMBIO

       

As operações da Mac Logistic são regidas pelas Condições Gerais de Negócios registradas no 8º Cartório Oficial de Registro de Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica da Comarca de São Paulo sob o número 1483284.