Head Office +55 11 5908 4050
Head Office +55 11 5908 4050 | ÁREA RESTRITA

Cargas aéreas crescem 261% em Petrolina no quadrimestre

Cargas aéreas crescem 261% em Petrolina no quadrimestre
05/05/2016

O Terminal de Logística de Carga (Teca) do Aeroporto de Petrolina/Senador Nilo Coelho (PE) registrou, no mês de abril, 275.557 toneladas de mercadorias exportadas. Esse número representa um crescimento de 120,8% em relação a abril de 2015, quando foram contabilizadas 124.788 toneladas, informa a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). As exportações de frutas foram as responsáveis por esse resultado.

No acumulado de janeiro a abril de 2016 em relação a igual período do ano passado, há crescimento ainda maior, de 261%. Foram 451.505 toneladas no primeiro quadrimestre deste ano, ante 124.788 toneladas nos quatro primeiros meses do ano passado.

Atualmente, o Aeroporto de Petrolina conta com uma frequência semanal da empresa cargueira Cargolux, que opera com um Boeing 747-400 e iniciou sua temporada no terminal pernambucano mais cedo este ano, em 2 de março. Em 2015, a temporada da empresa começou em 8 de abril.

A encarregada de Logística de Carga do Aeroporto de Petrolina, Márcia Cristina Araújo, estima que o crescimento acumulado neste começo de ano deve se repetir em todo o ano de 2016. “Os números de abril são excelentes, e já estamos negociando voos extras para o segundo semestre”, destacou.

Teca de Petrolina

O Terminal de Logística de Carga do Aeroporto de Petrolina tem 3 mil metros quadrados de área e conta com 6 câmaras de armazenamento, 3 antecâmaras de resfriamento e 2 túneis de resfriamento – toda uma infraestrutura para atender o principal cliente do setor de Exportação do Vale do Rio São Francisco: frutas.

A pista de pousos e decolagens do aeroporto é uma das maiores do País e a segunda maior do Nordeste, com 3.250 metros de comprimento. O aeroporto conta com um pátio de aeronaves exclusivo para atender à demanda da área de logística de carga.

Atualmente, o terminal conta com uma frequência semanal da Cargolux, que faz a rota Luxemburgo – Campinas – Curitiba – Petrolina – Luxemburgo. Durante o período do pico de safra, entre outubro e dezembro, as frequências aumentam e chegam a ter até três operações semanais.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Infraero via Brazil Modal