Head Office +55 11 5908 4050
Head Office +55 11 5908 4050 | ÁREA RESTRITA

Novos rumos para o mercado brasileiro de açúcar

Novos rumos para o mercado brasileiro de açúcar
31/05/2016

Aumento da produção de açúcar no Centro-Sul e a escassez global da commodity prometem abrir alas para as exportações brasileiras nesta safra.

A consultoria Datagro estima que o Brasil exportará 27 milhões de toneladas de açúcar na temporada atual (2016/17). A alta de 12,5% sobre a temporada anterior. De acordo com Plinio Nastari, presidente da Datagro, a redução da produção no Sudeste Asiático tem colaborado para “manter a demanda firme pelo açúcar brasileiro”.

Além disso, também há possibilidade de a Europa importar açúcar, ainda que em volume limitado, para recuperar seus níveis de estoques. A expectativa é que a Comissão Europeia aprove um leilão para permitir importações de 300 mil a 400 mil toneladas.

Mas o cenário para a participação do Brasil no mercado internacional não é de ascensão contínua. Ainda que a produção da Tailândia não se recupere na próxima temporada, o país tem ampliado o plantio de cana-de-açúcar sobre lavouras de arroz, o que deverá aumentar a produção no médio prazo. Esse incremento da produção seria estimulado por subsídios, segundo o Brasil, o que levou o país a abrir uma reclamação contra a Tailândia na OMC (Organização Mundial do Comércio).

Ainda de acordo com a consultoria, o Brasil também deve perder mercado com o início da vigência da TPP (Parceria Transpacífica), que prevê redução de tarifas de importação entre os 12 países signatários. “A Tailândia deve ter acesso preferencial a esses mercados, deslocando para si a exportação do Brasil”, avaliou Nastari.

Fonte: Guia Marítimo