Head Office +55 11 5908 4050
Head Office +55 11 5908 4050 | ÁREA RESTRITA

​DatamarWeek e o cenário da movimentação de cargas

​DatamarWeek e o cenário da movimentação de cargas
17/11/2016

Navios, portos, terminais & infraestrutura relacionada

Após alguns anos difíceis se ajustando à entrada do BTP e do Embraport, o terminal de containers da Santos Brasil parece ter superado o desafio, que veio acompanhado da crise econômica que toma conta da economia brasileira. A movimentação de containers cheios de longo curso aumentou da Santos Brasil 8% no período de janeiro a setembro de 2016, se comparada ao mesmo período do ano anterior.

Levando em conta os outros terminais da Santos Brasil em Vila do Conde e Imbituba, a movimentação total da empresa no terceiro trimestre de 2016 aumentou em 17% ante o mesmo período do ano anterior. Foram 275, 6 mil containers, sendo que as operações envolvendo containers cheios cresceram 13,4%, chegando a 211,8 mil unidades. Os vazios, por sua vez, cresceram 30,1%, alcançando 63,8 mil unidades.

Uma análise dos principais pares de portos do terminal Santos Brasil em Santos indica mudanças substanciais, claramente em razão das mudanças de serviços que tem usado o terminal.

O Porto de Antonina receberá investimento de R$225 milhões do Terminal Portuário Ponta do Felix (TPPF) após renovação de seu contrato de concessão, que a passa a valer até 2037. As obras, previstas para terem início no primeiro semestre de 2017 com duração de 24 meses, contemplam a ampliação do cais do terminal em 170 metros, construção de linha de atracação para o terceiro berço do porto, construção de ramal ferroviário e instalação de seis armazéns. Estima-se que o investimento dobre a capacidade de movimentação atual do porto, de 3 milhões de toneladas anuais para 6 milhões.

Após muitas reviravoltas nos últimos meses, a empresa Dragabras iniciou as obras de dragagem do Porto de Santos na última semana (08/11). O contrato de licitação tem duração de 12 meses e está orçado em R$72 milhões. A estimativa é de que até 4,3 milhões de metros cúbicos de sedimentos sejam retirados do fundo do canal durante o serviço, que contempla dragagem e manutenção das profundidades do canal de navegação, bacias de evolução e acesso aos berços do porto.

Na última semana, foi reaberto o edital de licitação para a obra de dragagem do canal de acesso aos portos de Itajaí e Navegantes. O objetivo do serviço é atingir ao menos 14 metros de calado no local. O prazo final para entrega de propostas é no dia 6 de dezembro, e a obra está orçada em aproximadamente R$65 milhões.

Os portos de Ushuaia e Piedra Buena, na Argentina, também foram contemplados com uma resolução para abertura de licitação para ampliação. O primeiro projeto inclui a construção de um berço de atracação de 7.050 metros quadrados e melhorias na infraestrutura do Porto de Ushuaia. O segundo projeto, em Piedra Buena, implica na ampliação do berço de atracação para navios de cruzeiros, permitindo a chegada de navios maiores no local.

Comércio Exterior

As exportações brasileiras de algodão registraram queda de 30,5% em volume e 31,2% em receita no mês de outubro ante igual mês de 2015. No período foram embarcadas 112,1 mil toneladas em outubro deste ano frente aos 161.2 mil do ano passado. Já as vendas externas somaram US$174,5 milhões ante US$253,5 milhões na mesma comparação. No acumulado de janeiro a outubro, porém, foram exportadas 640,30 mil toneladas de algodão em 2016, número que representa alta de 10,66% ante os dez primeiros meses de 2015.

De acordo com a Container Trades Statistics (CTS), houve um aumento de 2,4% para 113,8 milhões de Teus na movimentação global de containers cheios no período compreendido pelos nove primeiros meses deste ano em relação ao mesmo período do ano anterior. Já a movimentação de containers envolvidos em operações de longo curso, cresceram 1,9% na mesma comparação para 75,9 milhões de Teus. Por fim, a movimentação intrarregional de containers cresceu 3,5% para 38 milhões de Teus.

A empresa Minerva anunciou na última semana a aquisição da Frisa Frigorífico Rio Doce, uma das top 10 produtoras de carne bovina do Brasil, por R$250 milhões.

A aquisição está sujeita à aprovação do CADE. A Frisa conta com unidades em Colatina (ES), Nanuque (MG), Teixeira de Freitas (BA) e Niterói (RJ) com capacidade de abate de até 1.700 cabeças por dia. A nova capacidade da Minerva será de 19.000 cabeças por dia. Dados do DataLiner mostram a contínua concentração do mercado nos últimos anos.

A balança comercial brasileira de autopeças registrou déficit de US$ 4,4 bilhões no período compreendido entre janeiro e outubro de 2016. As exportações recuaram 15,7% em relação a ao mesmo período de 2015 para US$5,4 bilhões. Já as importações tiveram baixa de 15,1% na mesma comparação para US$9,8 bilhões. A

Argentina é o principal destino dos embarques brasileiros da carga, responsável por US$1,52 bilhão em autopeças. Já os Estados Unidos são os principais fornecedores com US$1,36 bilhão.

A receita das exportações do agronegócio brasileiro teve queda de 26,2% em outubro na comparação com o mesmo mês de 2015, para US$5,7 bilhões. As importações também apresentaram recuo, mas de 14,3% para US$1,2 bilhão. O saldo da balança do setor apresentou então superávit de US$4,5 bilhões no período, número que representa redução de 32,5% na mesma comparação.

Fonte: Datamar Consulting