Head Office +55 11 5908 4050
Head Office +55 11 5908 4050 | ÁREA RESTRITA

Processo logístico em um delivery de mercado

Processo logístico em um delivery de mercado
12/11/2021 zweiarts

Durante a pandemia, o sistema de delivery cresceu muito e até mesmo novas áreas do comércio começaram a adotar essa modalidade de entrega, enquanto outras que já possuíam esse sistema o aperfeiçoaram. Uma das principais áreas que aperfeiçoou esse sistema foram os supermercados.

Porém para que esse delivery de mercado funcione da forma correta e seja uma experiência agradável para o cliente, é necessário que todo o processo logístico funcione com a menor quantidade de interrupções possível. Esse processo vai desde o momento que o cliente pede os produtos pelo aplicativo ou site até o momento que o produto finalmente chega em sua casa, passando pelo entregador ou funcionários do mercado pegando o produto nas prateleiras.

COMO A LOGÍSTICA ATUA EM DELIVERY DE MERCADO

Os mercados que desejam fazer parte de um sistema de delivery de mercado devem possuir uma logística bem estruturada na hora do pedido. Os produtos devem ficar em categorias que fazem sentido na hora da compra e estarem sempre com o estoque atualizado, para evitar casos em que a pessoa compra no aplicativo certos produtos e eles não estão mais disponíveis no mercado, criando falhas no processo na hora da retirada dos produtos do mercado pelo entregador e aumentando o ruído na hora de se comunicar com o cliente final.

Outra falha logística que pode acontecer em delivery de mercado é sobre a organização dos produtos dentro do próprio mercado. Em mercados com estruturas confusas ou não intuitivas, o entregador pode passar muito mais tempo do que o desejado procurando o produto correto, diminuindo a quantidade de entregas que ele pode fazer e aumentando o tempo médio de entrega do seu mercado, o tornando uma opção menos atrativa aos concorrentes no sistema de delivery de mercado.

O SISTEMA TAKE-AWAY

Outro sistema que já existia em alguns estabelecimentos e foi aumentando de escala principalmente por causa da pandemia, o sistema de take-out permite ao cliente realizar as suas compras previamente por meio de um aplicativo ou por um site e ir somente retirar os produtos depois de um certo período de tempo. Esse sistema, diferente do delivery de mercado, coloca o consumidor diretamente no estabelecimento sem que ele tenha que entrar, diminuindo uma etapa do processo logístico, a entrega.

Sua principal vantagem é que o mercado só irá realizar a separação dos produtos do pedido para que no horário marcado, o cliente possa somente retirar os produtos e fazer o pagamento da forma mais rápida possível. Uma das vantagens desse método é exatamente a perda do middle-man, o entregador, ajudando a diminuir ruídos comunicacionais. Porém, como os produtos são separados previamente, é necessário ter um controle ainda maior dos pedidos, para que múltiplos pedidos de takeaway não sejam confundidos em um grande pedido, fazendo com que mercadorias se percam ou produtos sejam entregues de forma errônea.

CRESCIMENTO DA ÁREA

Segundo dados da Abcomm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), os pedidos por meio de delivery de mercado tiveram um aumento de 270% durante a pandemia, com o Rio de Janeiro sozinho tendo um aumento de cerca de 400% no volume de pedidos no ano de 2020. Essa enorme quantidade de pedidos mostra o fortalecimento do setor de entregas e a sua necessidade na sociedade no último ano e nos anos que estão por vir, tornando cada vez mais necessário um bom processo logístico para manter o setor de delivery de mercado em crescimento pelos próximos anos.